01 mar

Top 5 Marchinhas de Carnaval – seleção da Nina

confete-300x200

Adoramos carnaval.
confete

O bloco da escola da Nina desfilou relembrando antigas marchinhas. Na volta para a casa, fizemos nossa seleção de favoritas. Temos um arquivo grande de antigas marchinhas. Nina e Noel estão acostumados com as músicas. Sempre escutamos aqui em casa. Marchinha é coisa que faz sucesso com crianças.

Para comemorar o sábado de carnaval, pedi para Nina eleger suas favoritas.

Escuta só!

Se quiser contar a sua, comente.

feliz carnaval!

Top 5 Marchinhas preferidas da Nina

5.Marcha dos Gafanhotos

4.Marcha do Caracol

3. A Baratinha

2. O Passarinho do relógio

1. Nós, os carecas

16 jul

NO IPOD DA ORANGOTANGO TEM…DAVID BOWIE APAIXONADO

bowie

Meu “muso” está de volta.

Já não é novidade, Bowie lançou no começo do ano mais um álbum, o lindo e denso“The Next Day”.

Impecável, Bowie não muda, só melhora.  Reaparece com canções que geram polêmicas, criticando o cristianismo, falando sobre guerras, ou com letras contendo mensagens subliminares.

Mas a balada “Valentine´s Day”, ganhou meu coração. Simples e direta.

Ontem a canção virou clipe. Nele, David aparece apenas com sua guitarra, em um galpão industrial, vestindo uma camisa branca e uma calça jeans, cantando e tocando, do início ao fim.

Precisa mais?

Veja você também:

04 jul

Baila comigo, como se baila na tribo

dance2

Convidei uma amiga muito especial para falar um pouco da dança na primeira infância.

Ana Paula Mastrodi é mãe, bailarina e professora de dança formada pela Unicamp, com longa experiência na área de ensino da dança.  Trabalha com o método de Reeducação do Movimento de Ivaldo Bertazzo.

Espero que você goste!

“Toda criança pequena adora dançar! Minha filha Sofia de dois anos e meio vive pulando, girando e batendo palmas espontaneamente, liberando toda sua energia  e expressão em forma de movimento. Então o que ensinar, se elas já dançam naturalmente?

O ensino de dança para crianças deve ir além da “expressão livre e espontânea”, sabendo que isso já é inerente a elas, mas deve propor um aprendizado que traga experiências concretas do fazer, sentir e pensar a dança em suas vidas. Segundo Isabel Marques, doutora em dança-educação, o professor precisa propor atividades onde a criança não apenas brinque com o seu repertório de movimento, mas que consiga criar novos, estabelecendo relações com o mundo em que vive, compartilhando com seus amigos.

A dança desenvolve as habilidades sensório-motoras das crianças. Não apenas para trabalhar as características físicas e emocionais das mesmas, mas para fazer com elas entendam e  compreendam , no momento em que dançam, quem se move (pessoa), o que está se movendo (parte do corpo),  aonde se move  (espaço), como se move (qualidade do movimento) e por que se move ( intenções, desejos, razões).  Só assim o aprendizado sai da experimentação e vira conhecimento.

Crianças pequeninas aprendem pela imitação. Por isso, o professor deve criar atividades onde o modelo de corpo e movimentos não se centralize nele, mas que possa ser compartilhado por todos, assim, as referências serão múltiplas e o aprendizado muito mais rico.

Histórias e canções são sempre bem vindas, pois criam um ambiente lúdico, onde as crianças aprendem com muito mais facilidade.

Aprender dança brincando é muito divertido!”

Ana Paula Mastrodi

Maiores informações ligar : 989079331 ou 38840539.

Aulas: quintas feiras, das 16:00h às 17:00h, a partir de agosto de 2013.

no Instituto Barreiros de Fisioterapia, rua Pedroso de Morais, 2356,

Alto de Pinheiros, SP.

12 jun

Você tem medo de fantasmas?

LauraMarlingGhosts

A inglesa  Laura Marling, 23 anos, diva folk no Reino Unido, vai te dar uma ajudinha.

LauraMarlingGhosts

Já foi comparada a PJ Harvey, Bob Dylan e Joni Mitchell. Talvez uma versão feminina e mais doce do poderoso Nick Drake.

Em “Ghosts”, Laura fala sobre fantasmas que partiram seu coração. O clip é uma animação bem simples e bonita, quase inocente e infantil. Confira:

Recentemente, lançou seu quarto disco, o autêntico “Once I was an eagle”.

Agora, mais experiente e sem medo de arriscar, ela está cercada apenas de poucos instrumentos de percussão, teclado, violão e sua linda voz.

Mais solitária e minimalista.

17 mar

SE LIGA NA RÁDIO RADINHO

Jukebox5

Testado e aprovado pelos filhotes Orangotango:

A Rádio Radinho é novidade das boas.

radioradio-1024x189

Música de qualidade  100% voltada para as crianças, mas que promete fazer alegria dos pais.

A web rádio funciona 24 horas por dia com programação especial que acompanha todos os momentos do dia dos pequenos, do amanhecer até a hora de dormir. Os  programas tocam música clássica, rock, música brasileira e folclórica.

Aqui na Orangotango, adoramos o “Cineminha”, programa que conta com trilhas sonoras de filmes e o gostoso “Nana neném”,que mais parece uma caixinha de música.

Agora é sua vez de conhecer. Que tal?

www.radioradinho.com.br

(Valeu Forrozinho de Gala, dica boa a gente espalha por aí!)

boa semana!

12 dez

NUNCA É CEDO DEMAIS PARA SER UM "INDIE"

Está cansado daquela tradicional trilha sonora infantil? Aquele refrão que gruda feito chiclete?

Música para criança pode ser bem mais divertida e original.

Aquela banda que você gostava e que tocava em suas baladas, agora também faz música para nossos filhotes. Sorte a deles!

O gênero tem nome: Kindie – indie para crianças.  Até festival já existe, o KindieFest.

Fiz uma seleção de três bandas que fazem sucesso aqui em casa. Trilha sonora divertida!

Espero que você goste. E se quiser aumentar esta lista, deixe um comentário com sua  banda “kindie” preferida.

 

 

21 nov

a música que viajou no tempo

“Seasons in the Sun” nasceu de uma adaptação da música “Le Moribond”, do cantor e compositor belga Jacques Brel (1961).

No final dos anos 60, Alan Ludley, vocalista da banda Rivers Invitation, gravou a música que anos depois se tornaria uma das mais famosas do mundo pop. Mas Alan morreu em um trágico acidente de carro em 1970, pouco antes da canção ser lançada.

E foi na voz do canadense Terry Jacks em 1974 que a música tornou-se um hit mundial. A fita, com sua versão,  ficou esquecida em uma prateleira qualquer por mais de um ano. Até que Jacks,  lançou a música  em seu próprio selo e foi surpreendido.

O single tornou-se o mais vendido na história do Canadá – mais de 285 mil cópias vendidas em semanas, e mais de três milhões de cópias nos Estados Unidos. No mundo todo, o número é de mais de seis milhões.

Anos depois, em 1993, a linda canção ganhou a voz de Kurt Cobain, gravada em um estúdio no Rio de Janeiro.

Em 1998, a banda indie Black Box Recorder grava sua versão. A música ganha então, acordes mais soturnos e clima melancólico, bem próximos da idéia original de Jacques Brel.

Separei aqui a versão de Jacks, Nirvana e Black Box Recorder.

Eu tenho a minha favorita. E você?

http://youtu.be/01EGn_7AnM0

21 set

no ipod da orangotango tem… "esse chato" bob dylan

Bob Dylan anda ganhando um espaço no meu coração.

Nunca fui muito fã do cara e sempre achei aquelas canções “poesias” demais para mim.

Mas ultimamente estou revendo tudo isso.

E esta semana ele tocou direto no meu ipod.

Separei aqui o  clássico de Subterranean Homesick Blues e logo abaixo um projeto atual inspirado nos cartões de Dylan.

Aproveite!

16 fev

MAMÃE EU QUERO

Paraty já está em festa.
Por aqui, o carnaval é bem animado.  Desfilam pelas ruas da cidade tradicionais bandinhas tocando marchas dos antigos carnavais, bonecos gigantes feitos de papel mache, o bloco da Lama, e muito mais…
É preciso saber escolher e conhecer um pouco a cidade para não cair em armadilhas do tipo “pega-turistas”. Cuidado.
Sábado passado, começamos a esquentar os  tamborins. Fomos a um simpático bloco do bairro, o Bloco dos Pássaros, que traz enormes bonecos de pássaros sambando pelas ruas do bairro.
Lá fomos nós.  Eu, com um meu barrigão, que mal me permite andar,  e Nina, que não agüentava de tanta ansiedade. Ela ficou fantasiada o dia inteiro, contando as horas.  
Dançamos ao som de “Marcha dos Carecas”, “Chiquita Bacana” e outras. Os pássaros enlouquecidos sacolejavam pelas ruas. Nina gargalhava.
Ela pulou, brincou e dançou. A noite chegou e foi difícil ir embora.
Bom aquecimento para os dias de carnaval que estão chegando.
Nesses próximos dias, ficarei quietinha, em casa. Noel  já está chegando e eu tenho mesmo é que sossegar.
Mas a Nina… essa vai cair na folia.
 
Menu Title