11 abr

Mãe e filho fazem arte na Orangotango

A Orangotango está de cara nova.

painel menor blog

Para falar a verdade, de roupa nova.
A gente queria dar uma mudada, escolher um “novo modelito” para enfeitar a loja.
Foi aí que conheci os desenhos da Adriane Bertini, ilustradora e artista gráfica das boas.
Eu queria um painel estampado, com traço leve e infantil. Descobri que a Adriane é mãe de um talentoso menino, o Artur, que adora rabiscar e desenhar.
Convidei a dupla, que nunca tinha trabalhado junta,  para desenhar um painel cheio de bichos e criaturinhas malucas.
O painel ficou lindo e agora ele enfeita o mundo estampado do site da Orangotango.
A Adriane contou pra gente como foi tudo isso.
monstro 1
“O Artur é um menino de nove anos, doce e alegre que ama a natureza e grandes aventuras, eu sou a mãe do Artur e gosto de florestas e vento no cabelo. Desenhar é parte da nossa vida, na nossa casa quase tudo vira desenho. Temos pilhas de desenhos que são a  nossa história. Um diário colorido e meio bagunçado. Além de desenhar bastante, gostamos de cozinhar, ouvir música, ir ao cinema, treinar artes marciais, ler, inventar histórias, poemas e passear por aí… Moramos em um minibosque cheio de árvores, pássaros e insetos.
Nossa família é grande, tem muita gente, gatos, cachorros, tartarugas, galinhas e fadas… acabamos de adotar mais um gatinho, é amarelo e chama-se Ki.
Quando recebemos o convite da Paula ficamos muito animados, porque o universo de onde parte a criação dos desenhos,  cores e estampas da Orangotango parece-se muito com o nosso, são temas muito familiares. Começamos a fazer vários desenhos. Foi difícil fazer a seleção e escolher a melhor composição. Fiquei preocupada com as diferenças entre linhas dos meus desenhos e dos desenhos do Artur, mas acho que essa diferença é um ponto alto da composição.
Pesquisamos fotos de animais e também pinturas de diversos artistas sobre animais. No final, sem querer, até inventamos bichos que não existem.
Já fiz desenhos para histórias do Artur e histórias para desenhos dele.  Já continuamos desenhos um do outro, já colori desenhos dele e ele coloriu os meus, mas nunca havíamos feito um trabalho coletivo de desenhos. Ficamos muito felizes e agora estamos curiosos para ver como esse jardim mágico de pano vai florescer.”
Adriane

Orangotango feliz!

esperamos que vocês gostem das novidades.

até já!

18 fev

O que você tem na cabeça, menina?

Quem conhece este blog aqui, sabe que só indico aquilo que gosto e que é feito com verdadeiro carinho e muito talento.

Tive o prazer de conhecer há tempos atrás a garota do post de hoje.

Paula, minha xará, já esteve por aqui em 2011, onde contou um pouco de suas experiências como mãe.

Temos várias afinidades. Ela também era uma “baladeira profissional” e nos conhecemos em uma festa. O tempo passou e nos tornamos mães.

Hoje ela lança seu novo projeto. E a Orangotango te conta tudo.

Paula Linard, designer de acessórios, mãe do Ian de seis anos e do Noah de dois. Depois que os meninos nasceram, a vontade de trabalhar em casa para acompanhar o crescimento deles de perto, bateu mais forte e o tempo claro, cada vez mais curto.

Rebola pra lá, rebola pra cá e hoje nasce o Brise Atelier, especializado em acessórios para cabelos femininos.

E o que inspira essa garota e coleção?

“O som do vento, as folhas secas, a beleza das flores, as formas orgânicas. A natureza feminina e as mulheres com quem convivo e aprecio.

Nasceu “Magie”, a primeira coleção, inspirada na delicadeza dos detalhes da natureza. E assim, vou criando a sensação do lúdico, delicado e feliz no simples gesto de enfeitar.”

São tiaras, mini casquetes, headbands, turbantes em veludo, laços, flores de couro, peças para gente grande e gente pequena. Todas feitas à mão, o que as tornam únicas e especiais.

Fique de olho nela, pois ela  já prepara a segunda coleção!

Ah, tem presente para as leitoras do blog!!

A Paula vai sortear aqui uma Mini Casquete “Vento” para as filhotinhas fãs da Orangotango. E a ganhadora poderá escolher cor: azul, lilas, vermelho ou verde.

Para participar é fácil:

Deixe um comentário aqui (com seu nome e email) nos contando em uma palavra ou frase:

” O que um bom vento no rosto te lembra?”  A melhor frase leva o prêmio! 

Escreva pra gente até 28/02.   Te conto quem ganhou no dia 04 de março, aqui!

até já! 

** Quer saber mais?  Brise Atelier  https://www.facebook.com/BriseAtelier)

28 jun

O BICHO QUE NÃO SAI DA CABEÇA

Sorria: você está no mundo feroz e peludo de Barbara Keal.

Escultora inglesa, Keal experimentou diversas materiais, até encontrar a sua verdadeira paixão: o feltro.

Com ele, cria chapéus inspirados em animais ou criaturas. São raposas, alces, estranhos minotauros ou o que a imaginação permitir.

As peças são feitas com sobras de lã doadas por agricultores locais. Esses restos de lã são limpos e cardados e voltam  para o estúdio da artista. Nascem os chapéus.

Barbara acredita no poder de felicidade que essas enormes orelhas peludas podem nos dar.

A felicidade eu não sei, mas um belo sorriso, com certeza!

 

08 ago

LULA ESTÁ NA MODA

Para quem gosta de ilustração de moda aí vai um prato cheio. Ou melhor, um guarda-roupa completo.

A estrela é Lula. Uma bonequinha digital com um guarda-roupa de dar inveja: um par de botas de Alaïa, um vestido Rodarte assassino, lenços Emilio Pucci, vestidos Prada e muito mais.

Lula mistura o street style e  fotos de passarela e se veste baseada em looks reais do mundo da moda.

Visite o blog  “The Subject I know Best” e inspire-se!

02 ago

UM PEDAÇO DA ÁFRICA EM SÃO PAULO

Pouquíssimas pessoas conhecem tão bem Angola quanto o fotógrafo pernambucano Sérgio Guerra.

Há quase 15 anos ele trabalha para o governo angolano e vive na ponte-aérea Salvador-Luanda. Daí nasceu uma relação de amor profundo com o país africano, dando origem a cinco livros de fotos.

O último, “Hereros-Angola”, de 2010, ganha agora exposição no Museu Afro Brasil, em comemoração ao Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes.

Hereros são pastores polígamos e seminômades, criadores de gado, e preservam, por séculos, seus rituais.

Além das fotografias, algumas em grandes formatos, a mostra inclui vestimentas, adereços e objetos de uso tradicional e ritualístico da etnia Hereros.

A mostra traz ainda vídeos de depoimentos colhidos entre os sobas (líderes), mulheres e jovens sobre a sua cultura e a forma como encaram a vida. Parte integrante da mostra são cantos ritualísticos captados entre estes povos.

de 12 de maio a 14 de agosto

local: Museu Afro Brasil – Parque Ibirapuera (Portão 10)

grátis

28 jul

BONEQUINHA DE LUXO PARA CRIANÇAS

A “Bonequinha de Luxo” está de volta.
Quase duas décadas após sua morte, atriz-ícone Audrey Hepburn não poderia ser mais atual e se torna personagem de livro infantil.
Just Being Audrey, ainda só disponível em inglês,  é voltado a crianças de quatro a oito anos (mas tenho certeza que estará na lista de muito marmanjo por aí), e conta a história de vida da ícone fashion fora dos filmes, abordando a trajetória da atriz desde a sua infância.
No livro, descobrimos que a menina Audrey sempre quis se tornar um bailarina e era muito ridicularizada  por seu físico alto e magro, olhos e pés grandes. Mais tarde, foram essas as características que fizeram dela um ícone de beleza e moda.
30 jun

QUER GANHAR UMA DAS REVISTAS MAIS LEGAIS PARA CRIANÇA?

Aqui na Orangotango estamos muito orgulhosos.

Neste mês de junho, estamos na Revista Kids In, uma publicação infantil focada nos pequenos.

Descolada, divertida e diferente, a revista não é novidade para o público carioca e ganha, a cada edição, mais leitores em todo o país.

Como gostamos muito da revista, escolhemos lançar nela a nossa nova campanha. Olha só!

De presente para você, vou sortear aqui no blog dez revistas.

Concorrer é muito fácil: mande um email para contato@orangotangoloja.com.br com o título: Promoção Orangotango e Kids In. Deixe seu nome completo. Pronto, você já está concorrendo.

Esta promoção vai até 15/07/2011 e o sorteio acontece no dia 18/07 (via Random.org).

Divulgaremos os nomes dos vencedores aqui no blog e enviamos a revista de presente para você.

Boa sorte!

14 abr

CONHECE A LUVA TATUADA?

Ela é Ellen Greene. Uma americana que nasceu e cresceu em Lawrence, Kansas, uma cidade cheia de contradições.
Lá, você pode encontrar garotos fraternais, evangélicos cristãos, vagabundos ex-hippies, punks na sarjeta, artistas e estrelas de rock.
Crescendo em meio a esses contrastes, Greene desenvolveu uma curiosa série de trabalhos: pinta tatuagens, bem ao estilo old school, em luvas de couro vintage.
Sua intenção foi combinar um objeto extremamente feminino, com algo que tivesse relação com o universo do sexo oposto. E, naquela época em que as garotas costumavam usar luvas, tatuagens eram marcas mais relacionadas aos homens, e homens de fama não muito boa.
Mas as luvas brancas de Greene misturam todas essas referências e evocam uma sensação de pureza e de formalidade, com muita sexualidade e rebeldia.  

Eu adoraria…

29 mar

UMA BICICLETA PARA LEVAR NO PESCOÇO

Duas amigas, Maja Rose e Tess Lloyd, se conheceram na faculdade de desenho industrial de Sidney e resolveram fazer suas próprias criações. 
 
Nasceu então a  Polli. Amantes da joalheria, design sustentável, moda e artesanato,  elas criam  peças que lembram o delicado método de recorte de papel japonês. 
 
Irresistível para quem adora bugigangas penduradas no pescoço. Eu quero! 

Menu Title