17 nov

A FADA DO DENTE PASSOU POR AQUI…

P1030837

 

Cansaram de avisar.

“O tempo passa rápido. As crianças crescem e  a gente nem percebe!”
É verdade.
A pequena bebê de cinco anos atrás, hoje é uma garotinha.
Corpo longilíneo, vaidosa e muito moleca.
Andou por aí exibindo um dente mole, de dar aflição.
De tão mole, foi encorajada por uma professora a arrancá-lo. Corajosa, amarrou um barbante e puxou!
Agora é banguela.
No final da aula, saiu da escola feliz da vida, com um cordãozinho pendurado no pescoço.
O delicado cordão tinha um saquinho de feltro pendurado, e nele o grande prêmio da primeira infância: o primeiro dente.
Toda orgulhosa, exibiu sua janelinha como se erguesse o primeiro troféu.
Eu já havia esquecido, mas na escola, entre os amigos, perder o dente de leite é sinal de orgulho, vitória.
O dente foi para debaixo do travesseiro, esperar a fada do dente.
 Ela cresceu.
Menu Title