26 nov

sonho de consumo: um "cocoon" no meu jardim

Tá certo que nós precisamos de bem pouco para viver. Mas o “Cocoon 1″, criado pela empresa suíça Micasa, combinaria tanto com meu jardim…

O projeto é resultado de uma pesquisa sobre o “viver” do ser-humano. E tudo pode se resumir em 180 centímetros de diâmetro translúcido.

O casulo desafia as percepções pré-concebidas de uma peça de mobiliário, dividido em módulos eficientes e funcionais.

Acredite, o coccon têm espaço para  dormir, compartimento de armazenamento e até cozinha básica, onde baterias são usadas para operar o fogão com energia suficiente para 40 horas de luz ou 20 horas de luz e 30 minutos de cozimento.

21 nov

a música que viajou no tempo

“Seasons in the Sun” nasceu de uma adaptação da música “Le Moribond”, do cantor e compositor belga Jacques Brel (1961).

No final dos anos 60, Alan Ludley, vocalista da banda Rivers Invitation, gravou a música que anos depois se tornaria uma das mais famosas do mundo pop. Mas Alan morreu em um trágico acidente de carro em 1970, pouco antes da canção ser lançada.

E foi na voz do canadense Terry Jacks em 1974 que a música tornou-se um hit mundial. A fita, com sua versão,  ficou esquecida em uma prateleira qualquer por mais de um ano. Até que Jacks,  lançou a música  em seu próprio selo e foi surpreendido.

O single tornou-se o mais vendido na história do Canadá – mais de 285 mil cópias vendidas em semanas, e mais de três milhões de cópias nos Estados Unidos. No mundo todo, o número é de mais de seis milhões.

Anos depois, em 1993, a linda canção ganhou a voz de Kurt Cobain, gravada em um estúdio no Rio de Janeiro.

Em 1998, a banda indie Black Box Recorder grava sua versão. A música ganha então, acordes mais soturnos e clima melancólico, bem próximos da idéia original de Jacques Brel.

Separei aqui a versão de Jacks, Nirvana e Black Box Recorder.

Eu tenho a minha favorita. E você?

http://youtu.be/01EGn_7AnM0

Menu Title