31 mar

O DIA EM QUE EU FUI DO FLAMING LIPS

Encaixotar e desencaixotar as coisas da mudança me deixam de saco cheio. Mas tem uma coisa no meio de tudo isso que eu adoro: descobrir coisas que estavam perdidas num canto da casa ou numa gaveta abandonada.

E no meio de tantas caixas, finalmente encontrei um cd que tanto procurei. Acho que ele estava numa destas gavetas abandonadas.

Em 2005, o Flaming Lips tocou em São Paulo. Amo a banda. Meses antes, eu tinha assistido a um DVD do show que eles fariam neste dia. Eu sabia o que ia rolar no palco. Mas não imaginava o que ia acontecer comigo.

Chegamos cedo ao show. Já dentro do evento, encontramos os camarins. Passamos pelos seguranças, sabe-se lá como, e batemos na porta do camarim da banda. Queríamos levar uma foto antiga para eles autografarem.

Deu certo. Eles autografaram e foram muito simpáticos.

Depois de um rápido bate-papo,o vocalista Wayne Coyne olhou para nós e disse: “vocês vão fazer parte do show de hoje, topam?”

Quarenta minutos depois, estávamos em cima do palco, junto com a banda, na frente de 15 mil pessoas. Meu marido virou um sol inflável e eu virei um castor.

Isso, eu nunca vou esquecer.

29 mar

UMA BICICLETA PARA LEVAR NO PESCOÇO

Duas amigas, Maja Rose e Tess Lloyd, se conheceram na faculdade de desenho industrial de Sidney e resolveram fazer suas próprias criações. 
 
Nasceu então a  Polli. Amantes da joalheria, design sustentável, moda e artesanato,  elas criam  peças que lembram o delicado método de recorte de papel japonês. 
 
Irresistível para quem adora bugigangas penduradas no pescoço. Eu quero! 

28 mar

FAMÍLIA ORANGOTANGO DE CASA NOVA

Depois de alguns dias afastada deste cantinho, estou de volta.
Para aqueles que achavam que nós iríamos morrer de tédio por aqui, tenho uma boa notícia: tédio não deu as caras. E nem vai dar.
Quem acompanha o blog da Orangotango e também a nossa vida depois da chegada a Paraty, sabe que muitas mudanças rolaram: mudança de trabalho, de cidade, de modo de vida.
Tudo começou quando compramos um terreno nesta cidade onde escolhemos morar. Daí, o terreno virou um projeto de casa, e esta casa começou a ser contruída há 8 meses. Semana passada ela ficou prontinha, e mudamos definitivamente. Quem já fez mudança, sabe do que eu estou falando: é impossível manter a rotina em semana de mudança.
Agora, tudo está em seu lugar. Finalmente estamos morando no ninho que tanto sonhamos.
Vida nova e mais felizes que nunca.
A loja da Orangotango está funcionando normalmente. Dê uma passadinha na loja  e veja as belezuras que rolam por lá: clique aqui!
Casa nova e vida nova. Volto a postar diariamente. Viva!
16 mar

MEU PRIMEIRO SELINHO

Hoje me dei conta que o blog da Orangotango já fez aniversário. Sim, coloquei-o no ar em janeiro de 2010.

Escrever aqui já se tornou um vício. Sempre fez parte do meu trabalho reunir referências e colecionar coisas legais. A diferença é que hoje divido elas aqui no blog com você.

O ato de escrever é, pra mim, um aprendizado diário. Confesso que me sinto bem insegura quando faço os textos. Aí me encho de coragem e aperto o botão de “publicar”.

Delícia mesmo é descobrir que as pessoas lêem. Já comentei com alguns amigos: sempre que escrevo, tenho a sensação de que escrevo só para mim. Será que alguém vai ler???

E descubro que sim.

O blog surgiu quando eu pensei em montar a loja da Orangotango. Mas virou um espaço em que coloco coisas que gosto, coisas que faço ou algo que achei fuçando por aí. Também virou uma maneira de estar próximo dos amigos. Assim, todo mundo fica sabendo o que estamos aprontando por aqui.

Para minha maior surpresa, o blog da Orangotango ganhou semana passada seu primeiro selo. Ganhar um selo de um outro blog é ganhar um presente de alguém que gosta muito deste espaço.

E ganhar o primeiro selo é especial!

Ganhei este presente da Vanessa Ribeiro, uma mãe brasileira que atualmente mora em Barcelona e é autora do blog Coisas Minhas. Ela está este mês no Brasil e organiza no dia 25/03, um charmoso “Encontrinho Mamães Blogueiras”. Vale conferir.

Vanessa, adorei o presente!

Dizer quem o ofereceu: 
Vanessa, Coisas minhas

O que diz o teu ♥ 
Ah, como é bom ser mãe…

Oferecer este selo a todos os blogs que moram no teu coração:
(como a lista é enorme, escolhi alguns dos meus favoritos)

Viajando com pimpolhos

Piscar de Olhos

Mini Gourmet

Ser Sustentável com Estilo

Igual Você

Casa de Tijolinhos

LU e CRIS

Se for assim, tá bom!

1001 Roteirinhos

Super Duper

Assine o blog da Orangotango e receba as atualizações dos posts em seu email.

14 mar

OS VERDADEIROS CUBOS MÁGICOS

Zoe Miller e David Goodman são designers que vivem e trabalham em Brighton, na costa sul da Inglaterra. No passado, desenvolveram livros infantis para a Tate Gallery.
Em 2008, resolveram lançar marca prória, a Millergoodman. E logo no primeiro produto que desenvolveram, acabaram ganhando destaque.
O brinquedo é simples: “ShapeMaker” nada mais é do que um conjunto de 25 blocos coloridos, impressos manualmente e desenvolvidos com madeira ecológica.

 

A combinação destes blocos pode criar milhares de criaturas surpreendentes e imagens bem atraentes, garantindo o encanto de crianças de todas as idades. E de muitos adultos também…

A dupla tem um compromisso com o design, a beleza e a sensilidade de se comunicar com um novo mercado infantil.
Confira no vídeo abaixo.

11 mar

JÁ OUVIU A NOVA PJ HARVEY?

Ela gosta de mudar. A cada álbum, troca de estilos musicais, de guarda-roupa e de corte de cabelo.

Para a menina nascida na pequena Dorset, na Inglaterra, que cresceu e trabalhou na zona rural, é hora de falar de seu país natal.

Assim é “Let England Shake”, o novo álbum  de Polly Jean Harvey.

Nele, PJ explora timbres e registros vocais diversos, como se as canções fossem cantadas/contadas por pessoas diferentes. As barulhentas guitarras são substituídas pelo autoharp, um instrumento criado em 1926 que é na verdade uma cítara, com as cordas presas por amortecedores reguláveis a uma placa. Algumas canções, como “England” e “The Colour of the Earth” beiram o folk. Gosto disso.

Mas a Inglaterra sobre a qual ela quer falar não é aquela a vitoriosa e bucólica de outros tempos, ou a cosmopolita dos grandes centros. O alvo é uma Inglaterra devastada pelas guerras, de soldados arruinados.

Com arranjos delicados, fala de um sentimento de culpa e tristeza que qualquer cidadão pode sentir ao ver atrocidades cometidas em nome da pátria.

Toque final: todos os vídeos de “Let England Shake” serão dirigidos pelo fotógrafo de guerra Seamus Murphy.

Feliz de quem já viu este show ao vivo.

10 mar

FOLIA NA CHUVA E CINZAS COM SOL

Depois de quatro dias de chuva, pintou uma bela quarta-feira de cinzas. O cinza mais azul que já vi.

O balanço deste carnaval foi o seguinte:

  • Tão esperado por nós, o Bloco da Lama (bloco onde pessoas cobrem o corpo de lama e saem cantando pela cidade) ficará para o ano que vem. O bloco desfilou debaixo de uma chuva danada e nós ficamos em casa;

 

  • Nina até que aproveitou: saiu no bloco de pré-Carnaval da escola e brincou no bloco de marchinhas antigas que desfilava pela cidade;

  • Preparamos uma fantasia de hippie para ela, toda descolada com óculos à Janis Joplin. Mas a fantasia de fada conquistou o coração da Ninoca. Ela não desgrudou da “roupa cor de rosa”. Chego à conclusão que não entendo nada de fantasias de meninas…

  • Na praça da cidade, rolava matinê para crianças. Até tentamos, mas não deu. O som era alto demais e assustava até adultos. Sem falar na música, versões aceleradas de canções horrorosas como “Ilariê”… 
  • bom mesmo foi aproveitar a praia hoje, mais vazia e linda.
  • melhor ainda será passar o Carnaval do ano que vem por aqui. Depois de muitos meses de obra, estamos finalmente de mudança para nossa casa. Aí sim vai ser bom de verdade!!! 

02 mar

TÁ COMEÇANDO A FOLIA

Não sei se você reparou, mas sexta-feira já é Carnaval.

Aqui em Paraty, parece que a coisa ferve. Cada bairro tem seu bloco e, nesses dias que antecedem as festas, a cidade já anda em clima de folia.

Será nosso primeiro Carnaval por aqui. E empolgação não vai faltar. Vamos acompanhar tudo bem de perto.

Nina, com seu samba no pé, já saiu no bloco de pré-carnaval da escola, o Batuque do Quintal. Desfilou ao longo do rio que passa pela cidade, cantarolando marchinhas antigas de carnaval como “Chiquita Bacana” e”Nós, os Carecas”, famosas aqui em casa.

E você, já preparou a fantasia? Vai pular também?

Separei aqui um link bem legal com algumas máscaras para imprimir e arrasar por aí. Tem águia, extraterrestre, diabinho, robô, borboleta e mais.

Vale lembrar que está rolando no blog a promoção da máscara de Orangotango. Entre neste link e siga as instruções. Mande pra gente e concorra a um lindo mascote. Corra, ainda dá tempo!

Menu Title